Histórias Transantes #5

12 de julho de 2016

Olha que tesão!

Quem não tem colírio… Vai precisar de um.

Depois de seis meses, finalmente consegui transar com o crush. Fomos pro motel, fizemos tudo que tinha pra fazer e, no final, ele queria que eu gozasse na cara dele. Avisei que ia gozar e, em menos de um segundo, assim o fiz. SÓ QUE: acabou indo tudo no olho dele! Ficou vermelho, começou a arder e eu lá, sem reação, tendo acabado de gozar. Depois desse momento “delicado”, acho que ele nunca mais vai querer transar comigo! Kkkkk


“Anti”, até que a bandeira me salve.

Parecia goleada, mas foi 0x0!

Eu e meu namorado resolvemos sair às 3 da manhã pra uma aventura. Fomos até uma estrada sem movimento e paramos o carro, pois o objetivo era transar num lugar (bem) diferente. Eu em cima de uma bandeira do Corinthians no capô do carro e ele fazendo a função dele… (rs) E olha que sou anti-Corinthians! Tudo ia muito bem, até que dois rapazes passaram de bicicleta por nós e flagraram a gente! Só deu tempo de me cobrir com a bandeira, mas fomos flagrados em pleno ato. Acabou com o clima, mas foi muito engraçado. Acho que a partir de hoje vamos transar só entre quatro paredes mesmo!


 

O banho que nunca acabou.

Algo não cheirava bem… Até o cachorro percebeu!

Eu e o boy resolvemos aproveitar que meus dois avós tinham saído de casa e resolvemos tomar um banho juntos. Em 3 minutos, quando as coisas esquentavam, os dois que tinham saído voltaram de repente! Foi uma correria só. O boy saiu do banheiro correndo pelado pro meu quarto e se fechou no armário. Eles foram entrando no meu quarto (!) procurando algo que tinham esquecido. Até que aparece meu cachorro cheirando o armário e latindo… Os dois perceberam que ele não estava normal e iam abrir a porta pra ver o que tinha dentro, mas não deixei. Foi um sufoco danado, mas tive que enrolar os dois pra ele conseguir fugir correndo pela rua, todo molhado!


 

Me ajuda a te ajudar!

30 dias sem sexo. E contando…

Há muito tempo atrás, estava dormindo com minha ex-namorada na sala da casa dela. Estava louco pra matar a saudade dela e tirar um atraso de 30 dias sem sexo. Ela topou e eu não perdi tempo. Porém, não podíamos fazer barulho, pois tinham crianças dormindo num quarto ao lado. Começamos a nossa “festa” e de repente passei a escutar uns gemidos altos. Pedi pra ela parar e ela dizia que não era ela. Quando paramos pra escutar bem de onde vinha, percebemos que era o pai dela com uma namorada! O clima ficou bem tenso e a gente ficou sem jeito de continuar. Foi bem constrangedor. E eu continuei sem transar…


 

História transante com “escolta”

Teve desmaio e Polícia, mas deu tudo certo!

Fiz uma viagem para Inhotim e resolvi voltar de carona com um peguete de BH. Na estrada, lembrando nossas histórias, não nos contivemos e paramos no acostamento da BR pra fazer safadezas. Mesmo com o corpo suado e cansado da viagem, “Olla” pra nós que não somos de ferro! No auge do ato, eis que a Polícia Rodoviária encosta perto da gente e resolve conferir se o nosso carro (parado num lugar improvável) precisava de alguma ajuda. O peguete e eu prontamente vestimos a roupa antes que eles chegassem muito perto do vidro do carro. O boy fingiu um desmaio, eu fingi preocupação e quando eles perguntaram o que tinha acontecido, disse que tirei a blusa dele pra abanar e tentar acordar ele. A PR ofereceu altas ajudas, inclusive escolta até um lugar seguro! Até que ele “recobrou” a consciência, fingiu estar tudo bem e disse que iria até um posto pra descansar. #HistóriaTransante com uma quase-escolta da Polícia Rodoviária!

Ache a farmácia mais próxima de você...

...ou compre pela internet nas lojas abaixo


Droga Raia
Drogasil
Netfarma
Panvel
Onofre
Araujo
Nissei
Pacheco
Pague Menos
Loja do Prazer